A+ A A-

FAI realiza 11º Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica

A produção científica dos acadêmicos da FAI de 2016 em destaque. De 20 a 22 a fevereiro, a Faculdade realizou o 11º Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica que contemplou 28 projetos nas áreas de gestão, tecnologia e educação. Desenvolvidos por meio do Pibic - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica, os projetos são financiados pela Fapemig - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais.

A integrante da comissão do Pibic/FAI e coordenadora do Seminário, Profa. Ma. Eunice Gomes de Siqueira, relata que os alunos são incentivados a produzir artigos científicos sobre as pesquisas realizadas, submetendo-os à Revista Inicia, produção editorial anual que contempla trabalhos científicos dos alunos da Instituição. Os melhores artigos são publicados na Revista.

A professora também orientou o projeto Boas práticas adotadas na área de Tecnologia da Informação que contribuem para a sustentabilidade ambiental, desenvolvido pelo aluno de Sistemas de Informação Gabriel Lisbôa Garcia. “Houve o fortalecimento da consciência crítica dos participantes da pesquisa sobre a problemática ambiental e social, entendendo o meio ambiente em sua totalidade e interdependência, de modo que eles tenham capacidade de implementar iniciativas de TI Verde nas organizações em que atuam”, destacou a orientadora.

Na abertura das apresentações dos projetos, três professores da Instituição falaram aos alunos sobre a produção científica. Prof. Dr. Thiago Ribeiro de Freitas ministrou palestra aos acadêmicos de Pedagogia, Prof. Dr. Vinícius Fortes de Castro, aos alunos de Engenharia de Produção e Prof. Dr. José Cláudio Pereira aos acadêmicos de Administração e Sistemas de Informação.

Em sua fala, professor Vinicius disse que a produção científica é um diferencial na carreira dos alunos pesquisadores. “A vida acadêmica torna-se mais rica, mais embasada. Por meio da pesquisa, vocês desenvolvem ideias próprias, constroem bases sólidas para desenvolver seus projetos e também possibilita-lhes apresentações das pesquisas em congressos e publicações científicas”, ressaltou. O professor orientou dois projetos voltados às energias renováveis.

A FALA DOS ALUNOS PESQUISADORES

“O objetivo principal deste projeto foi contribuir na implantação de um software baseado no Centro de Referência e Apoio para Novos Empreendimentos (CERNE), um modelo de gestão que determina boas práticas a serem adotadas por incubadoras.
Olhando para mim há três anos, é imensurável o tamanho do meu crescimento no âmbito acadêmico, profissional e humano. Desde que entrei na FAI trabalho com pesquisas, e não só aprendi como também me apaixonei por esta atividade. Atuar na Iniciação Científica (IC) é algo grandioso, pois você pode testar as teorias dadas em sala de aula em um projeto prático, e assim, ampliar o seu conhecimento e senso crítico acerca do assunto tratado. Foi por meio da IC que descobri muitas aptidões, mas também aprimorei outras, como escrita e linguagem científica, o discurso e minhas relações interpessoais. Por último, considero que a IC não trouxe somente benefícios na minha vida acadêmica, como também, tem me direcionado ao meu futuro profissional.”

Juliana
Juliana de Oliveira Becheri Souza, aluna do 3º ano de Administração, desenvolveu o estudo Pesquisa e implantação de um sistema gerenciador de incubadoras baseado no modelo Cerne, sob a orientação do Prof. Me. Alexandre Franco de Magalhães

“Gostei muito de desenvolver esta pesquisa. Primeiro pelo contato com a escrita científica: a estrutura do texto, o embasamento teórico, as referências biográficas. Segundo pelo tema estudado. O foco desta pesquisa inicial foi o embasamento teórico. Em um segundo momento será a prática: implementar estes conhecimentos dentro de uma empresa.”

Allysson 2
Allyson Henrique da Fonseca, aluno do 5º período de Engenharia de Produção, desenvolveu a pesquisa Estudo do impacto econômico da baixa produtividade da Economia brasileira: fatores determinantes e opções de melhoria, em parceria com o colega Renan Carvalho Carneiro, sob a orientação da Prof. Ma. Christina Telles Borges

“É uma continuidade da pesquisa que iniciei em 2015. Pesquisei sobre o número de crianças que faz uso da substância Ritalina nas escolas das redes pública e privada de Santa Rita do Sapucaí. A iniciação científica é um diferencial na vida acadêmica, pois aprimora e enriquece nossos conhecimentos. Na edição passada da Revista Inicia, meu artigo foi selecionado para publicação. Espero que este também seja.”

Samanta 5
Samanta Roberta da Silva Nóra, aluna do 7º período de Pedagogia, desenvolveu a pesquisa A medicalização dos comportamentos “inadequados” em cidades interioranas, sob a orientação do Prof. Dr. Thiago Ribeiro de Freitas

“É um projeto que visa auxiliar, por meio de um sistema web, a gestão e organização da Incubadora da FAI/INTEF, de forma a facilitar a execução de diversos processos que são realizados pela mesma.
Toda a pesquisa e esforço realizados para que eu pudesse concluir este ciclo de Iniciação Científica, foi, de fato, muito recompensador, pois encarei como um desafio onde pude obter diversos resultados, não só para o projeto como também para a vida pessoal e profissional. O projeto me levou a buscar novos conhecimentos e melhorar aqueles que já possuía. Cabe destacar que no final deste ciclo, a experiência de pesquisador foi muito lucrativa, pois era uma área que particularmente tinha pouco explorado e que acabei tomando gosto.”

João Pedro
João Pedro de Paula, aluno do 4º ano de Sistemas de Informação, desenvolveu o estudo Pesquisa e implantação de um sistema gerenciador de incubadoras baseado no modelo Cerne sob a orientação do Prof. Me. Alexandre Franco de Magalhães

aAlunos de Adm e SI
Alunos pesquisadores dos cursos de Administração e Sistemas de Informação

alunos de EP
A coordenadora do Seminário, Profa. Ma. Eunice Gomes de Siqueira, e alunos pesquisadores do curso de Engenharia de Produção

pibid

icone srs icone fapemig icone peet icone bidi  Selo 2017 2018
 

 

blue green orange red

© 2015 FAI - Endereço: Av. Antônio de Cássia, 472 - Jardim Santo Antônio - Santa Rita do Sapucaí - Minas Gerais - CEP: 37.540-000 - Telefone: (35) 3473-3000

Login

Entre com seu usuário