A+ A A-

FAI promove gincana sobre empreendedorismo social nas escolas da região

Sua ideia pode fazer a diferença

Com o slogan, Sua ideia pode fazer a diferença, a FAI, consciente do seu papel educacional e da importância de realizar atividades de extensão que permitam a integração com sua comunidade, promove a Gincana FAI - Empreendedores na Escola - edição 2017.

A Gincana consiste na realização de tarefas de cunho social relacionadas com o tema empreendedorismo social, envolvendo estudantes de escolas de ensino médio, técnico eEJA pertencentes às Superintendências Regionais de Ensino de Pouso Alegre e de Itajubá.

De acordo com a comissão organizadora, o objetivo da Gincana é envolver equipes de estudantes em atividades que as levem a propor projetos que possam transformar ou melhorar a comunidade escolar. Nesta edição, os projetos devem propor ações relacionadas à promoção da educação socioemocional.

Na primeira fase da Gincana, as equipes participantes deverão elaborar projetos que proponham ações que ajudem na educação socioemocional dos estudantes de sua comunidade escolar.

Os projetos devem atender pelo menos um dos seguintes propósitos: desenvolvimento da inclusão, socialização e cidadania e desenvolvimento e gestão da emoção com ações que possam consolidar a autoestima, autoconhecimento, autocontrole, autonomia, consciência crítica, o fortalecimento da resiliência, a autoria da própria história e o diálogo para a solução de conflitos

Os projetos serão julgados in loco por uma comissão composta por dois representantes da FAI e dois da escola.

Será selecionado um projeto de cada escola para a fase final a ser realizada em 7 de outubro em Santa Rita do Sapucaí. Além da apresentação do projeto, as escolas irão participar de duas atividades: da apresentação artística Talentos da Escola e do Game Show.

As três escolas vencedoras da Gincana na fase final serão contempladas com os prêmios: uma TV Led 50" e uma bolsa de estudos para um curso de pós-graduação na FAI (1º lugar); um projetor multimídia (2º lugar) e um notebook (3º lugar).  

EDUCAÇÃO SOCIOEMOCIONAL

Segundo Anita Abed (2014), que é consultora da Unesco, as habilidades de qualidade social e emocional também são inerentes ao processo de ensinoaprendizagem. Para aprender, é necessário estabelecer vínculos saudáveis nos grupos, acatar as regras estabelecidas para o convívio em sociedade, respeitar os direitos e deveres e saber lidar com conflitos. Assim, a educação socioemocional é compreendida como um alicerce fundamental para posturas saudáveis, para o bom convívio em grupo e para encarar situações de perdas e de frustrações presentes no cotidiano familiar, escolar e social.

primeiro lugar
O Colégio Tecnológico Delfim Moreira, de Santa Rita do Sapucaí, obteve a 1ª colocação na Gincana 2016.

pibid

icone srs icone fapemig icone peet icone bidi  Selo 2017 2018
 

 

blue green orange red

© 2015 FAI - Endereço: Av. Antônio de Cássia, 472 - Jardim Santo Antônio - Santa Rita do Sapucaí - Minas Gerais - CEP: 37.540-000 - Telefone: (35) 3473-3000

Login

Entre com seu usuário