A+ A A-

Coralistas da comunidade participam do Coral da FAI

Fundado em 2015, o Coral da FAI tem como objetivo promover a socialização e desenvolver habilidade musical no ambiente acadêmico. A iniciativa nasceu no curso de Pedagogia durante apresentação musical de um grupo de alunas, sob a coordenação da professora de canto Ana Elisa Borges. De lá para cá, a proposta evoluiu e em 2017, o Coral foi aberto à comunidade de Santa Rita do Sapucaí que acolheu a proposta com alegria e entusiasmo.

Para a profissional da área de controle de alimentos, Rosana Calhau, sua rotina mudou, quando começou a participar do Coral. “Não viajo mais a trabalho na segunda-feira. Segunda-feira é meu dia, dia de Coral”, conta, ela, toda animada. E continua: “Fiquei sabendo do Coral ouvindo rádio e vim correndo. A iniciativa da FAI é maravilhosa. Também quero destacar a dupla de professores – são ótimos”.

O senhor Humberto Cândido Moreira encontrou no Coral uma forma de fazer amigos e aprofundar seu conhecimento musical, iniciado há alguns anos em outro coral da cidade. Diz: “Mudei de Santa Rita e fiquei alguns anos fora e quando voltei fiquei sabendo desta possibilidade de ingressar-me novamente em um Coral e aqui estou. Estou gostando muito”.

Outra coralista apaixonada por música é a senhora Maria Vita Alves. Fala, com ênfase: “Amo a música. Cantei no Coral da Igreja durante vários anos, mas nossa coordenadora faleceu. Quando recebi o convite para participar deste Coral não pensei duas vezes. Não perco um dia de ensaio”.

A aluna do 1º período do curso de Pedagogia Dalvana Eliza Dionízio de Melo, tão logo iniciou o curso já fez sua matrícula no Coral. “Acho muito interessante o projeto. Estou aprendendo muito. Irá contribuir na minha vida profissional a ter mais desenvoltura para falar em público e a me expressar melhor”, comenta.

Músico acompanhante do Coral desde agosto de 2016, Arkiles Oliveira, relata que a nova formação está interessante. “São pessoas de idades diferentes, culturas diferentes. Trabalhar com um público eclético é um privilégio e ao mesmo tempo, um desafio. É uma troca”. Sobre planos futuros, ele enfatiza: “Quero que eles melhorem vocalmente, musicalmente e que possamos apresentar na FAI e na região. Eu amo estes coralistas”.

Para a idealizadora e diretora artística e vocal do Coral, Ana Elisa Borges, o que mais a incentiva a seguir em frente é a acolhida e a evolução dos coralistas. “Chegam aqui tímidos e aos poucos vão desenvolvendo e talentos vão sendo moldados. Sinto-me reconhecida e muito respeitada, pois a participação e a disciplina dos alunos me movem”. Quanto ao repertório, a diretora afirma que é popular e eclético e cita algumas músicas como Aquarela (Toquinho, Vinícius de Moraes, Guido Morra e Maurizio Fabrizio), Uirapuru (Waldemar Henrique da Costa Pereira ) e Paisagem na Janela (Lô Borges e Fernando Brant), entre outras.

IMG 0218
O músico acompanhante do Coral, Arkiles Oliveira, e parte dos coralistas

Novas vagas serão abertas para o segundo semestre. Informações com Ana Elisa: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

pibid

icone srs icone fapemig icone peet icone bidi selo 2015
 

 

 

blue green orange red

© 2015 FAI - Endereço: Av. Antônio de Cássia, 472 - Jardim Santo Antônio - Santa Rita do Sapucaí - Minas Gerais - CEP: 37.540-000 - Telefone: (35) 3473-3000

Login

Entre com seu usuário