A+ A A-

Alunos da Engenharia de Produção FAI abrem mercado de trabalho na região

Entre os cursos de graduação oferecidos pela FAI, está o curso de Engenharia de Produção. O curso irá formar a primeira turma no final de 2018, mas já construiu uma marca forte junto às empresas da região.

Além de trazer no seu DNA a marca FAI, sinônimo de excelência, conceitos elevados e reconhecimento do mercado, a Engenharia de Produção tem importantes diferenciais que têm chamado a atenção das empresas e aberto a porta do mercado de trabalho para os alunos. Dentre esses diferenciais, destacam-se os projetos integrados de engenharia e os projetos de engenharia aplicada, onde os alunos se envolvem com problemas reais das empresas e demais organizações da região desde o primeiro período do curso.

Um indicador desses diferenciais é o índice de empregabilidade que já pode ser constatado hoje, antes mesmo da primeira turma se formar: dos 55 alunos que irão para o 9º período em 2018, apenas 6 não estão trabalhando ou estagiando no momento e, dentre os 49 que estão no mercado de trabalho, apenas 5 ainda não atuam na área de engenharia de produção. O seja, um ano antes da formatura, o índice de empregabilidade já atingiu 80%, devendo alcançar os 100% até o final de 2018.

Mais do que apenas um índice, é importante destacar o que está por detrás dele:

1-      Empresas que criaram vagas de estágio de Engenharia de Produção depois de participarem dos projetos com a FAI.

2-      Empresas que fazem seus processos seletivos dentro da FAI, com foco direto nos alunos de Engenharia de Produção da FAI.

3-      Alunos que iniciaram como estagiários e mesmo antes de se formarem já foram efetivados pelas empresas.

4-      Alunos que são descobertos por empresas que visitam a Faitec - Feira de Tecnologia da FAI.

Conheça um pouco dessas histórias:

Intelbras S/A, parceria do Curso há três anos

Intelbras

Uma das empresas parceiras do curso é a Intelbras S/A, localizada às margens da Rodovia 459, no município de Santa Rita do Sapucaí. O supervisor industrial da empresa, Thiago Carbogim Maciel, conta que a parceria teve início há três anos por meio do PIE - Programa Integrado de Engenharia. “No PIE, identificamos um problema, os universitários estudam o caso e propõem soluções. A partir daí, intensificamos a relação com a Instituição e hoje temos em nosso quadro de colaboradores dois estudantes do curso – um cargo efetivo e outro, estagiário”, relata. Ele destaca a importância do PIE como projeto de integração empresa e faculdade: “Abre a visão dos estudantes, uma vez que eles vivenciam na prática o que é ensinado na sala de aula. Com isto, quando eles são inseridos no mercado de trabalho, já têm certa vivência, facilitando a efetivação”.

A colaboradora efetivada na empresa é a aluna do curso de Engenharia de Produção da FAI Camila de Cássia Pelegrino, que irá cursar o 9º período neste semestre. Iniciou como estagiária há pouco mais de dois anos e há cinco meses foi efetivada como analista lean.

Feliz com a carreira e vislumbrando possibilidade de crescimento, ela comenta sobre a relação curso e mercado de trabalho: “O curso de Engenharia de Produção é muito amplo, possibilita a oportunidade de trabalhar em diversas áreas de uma empresa, seja ela mais técnica ou teórica, como um gestor, por exemplo. Para mim a maior vantagem do curso é a flexibilidade que ele oferece no mercado de trabalho, pois você conhece um pouco de cada área e pode escolher onde será seu foco. O curso possui toda a base que uma engenharia deve ter e é completo também na parte de gestão. Eu indico!”

Eis o estagiário: o aluno Matheus Ribeiro Silva, que irá cursar o 5º período de Engenharia de Produção este ano. Estagiário há cinco meses, ele ocupou a vaga deixada por Camila e conta que o caminho percorrido para chegar à empresa foi por meio do PIE.

Indagado por que a escolha do curso FAI, Matheus relata que deixou o curso Engenharia de Telecomunicações, quando descobriu que seu perfil profissional não se encaixava com o curso. “Encantei-me pelas diversas áreas em que um engenheiro de produção pode atuar, que vai desde o mercado financeiro até mesmo o chão de fábrica. Por meio de alguns amigos, descobri o curso da FAI. Não tive dúvidas e aqui estou. E feliz. FAI, a melhor escolha.” 

Furukawa, a contratação da primeira estagiária do Curso

Furukawa

A Furukawa Industrial Optoeletrônica Ltda., instalada em Santa Rita do Sapucaí, chegou até ao curso quando buscou por um estagiário. Quem conta as etapas do processo de seleção é o gerente de operações, José Lourenço Júnior: “Fizemos um trabalho bacana em parceria com a FAI de recrutamento e seleção da estagiária Ana Elisa. A contratação se deu após a definição do perfil, seleção prévia de currículos, uma apresentação da empresa realizada no campus da FAI, uma dinâmica de grupo  ̶  também realizada na FAI  ̶  como a segunda fase do processo de seleção e, por fim, entrevistas individuais”.

Sobre o perfil dos alunos FAI, o profissional destaca: “Ficamos bastante satisfeitos com o perfil e nível acadêmico de todos os candidatos. Além da educação formal bastante adequada ao contexto do curso, os candidatos demonstraram estarem preparados em todos os demais soft skills requeridos. Independentemente da escolha que recaiu sobre a candidata Ana Elisa, todos os demais candidatos estão potencialmente aptos e interessam à Furukawa”.

Feliz com a contratação realizada há dois meses, Ana Elisa do Nascimento Silva, que irá cursar o 9º período do curso este ano, faz estágio na área de PCP na empresa. Transferida de outra faculdade do estado de São Paulo, ela relata que optou pelo curso FAI pela possibilidade de desenvolver projetos práticos no decorrer do curso e pela notoriedade da instituição. “E fiz uma ótima escolha, pois contamos com professores excepcionais, ótimos laboratórios e uma coordenadora sempre presente.” E prossegue: “O curso de Engenharia de Produção da FAI nos entrega mais preparados para o mercado de trabalho. Os projetos, que desenvolvemos ao longo dos cinco anos do curso, nos permitem vivenciar mais de perto as competências que o mercado de trabalho exigirá de nós”.

Sense, parceria desde 2016

Sense

Em 2016, com a demanda de implantação de ferramentas visando o aperfeiçoamento do controle e gestão da produção, a Sense Eletrônica Ltda., inserida no Vale da Eletrônica, iniciou a contratação de estagiários do curso de Engenharia de Produção FAI.  Quem conta é o supervisor de produção da empresa, Diego Aparecido Lemes, que cursou pós-graduação em Gestão de Pessoas na FAI, em 2016, época em que retomou o projeto de estágios na empresa.

Sobre o perfil dos estagiários FAI, Diego destaca: “Eles chegam com boa bagagem de informações o que nos ajuda no desenvolvimento do trabalho na empresa e, consequentemente, vem firmando a competência da Instituição para empregar estes alunos”.

A aluna Ana Flávia Viana Silveira, que irá cursar o último ano do curso este ano, relata sua trajetória profissional na empresa, com vivências em três situações: estágio não remunerado, estágio renumerado e cargo efetivo: uma ascensão de apenas quatro meses de empresa.

Diz, ela: “Iniciei em novembro de 2016 com estágio não remunerado – a proposta era um estágio de três meses apenas – e, em janeiro de 2017, a empresa ofereceu estágio remunerado. Em março, surgiu a oportunidade de efetivação no PCP. No início, fiquei com um pouco de medo, afinal, nunca havia trabalhado em uma empresa como a Sense. Mas, aceitei este desafio. E hoje, apesar de pouco tempo de efetivação, possuo uma carga de experiência que tem acrescentado e muito no meu crescimento profissional”.

A aluna Nataly Carolini Ribeiro Silva, também concluinte do curso este ano, iniciou sua trajetória junto com Ana Flávia. Como estagiária remunerada, ela fala de sua vivência na empresa:  “Faço estágio no ramo de minha formação. É imensurável o tamanho de aprendizado/conhecimento agregado e a gama de experiência que estou adquirindo.  É um diferencial, que levarei para minha vida profissional”.

Nataly destaca diferenciais do curso de Engenharia de Produção FAI: “Formar engenheiros com visão global do negócio de uma organização, com competência para entender e aplicar ferramentas para melhorar o desempenho de toda a cadeia produtiva. Preparar profissionais para o mercado de trabalho com vantagens competitivas em relação aos concorrentes, oferecendo a oportunidade de vivenciar o chão de fábrica desde o início da graduação com o projeto de Engenharia Aplicada".

FAI, A SUA MELHOR ESCOLHA!

Estes são relatos de alunos que já atuam no mercado e de profissionais de empresas que os contrataram. Você também pode fazer parte deste time de sucesso, independente do curso que optar. Como? A Faculdade está com as inscrições abertas para Vestibular de Verão para suprir as vagas remanescentes do Vestibular 2018.

Mas corra, pois as inscrições encerram na próxima semana - 26 de janeiro. Informações pelo SAV - Serviço de Atendimento ao Vestibulando: 3473-3013, www.fai-mg.br/vestibular e O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

pibid

icone srs icone fapemig icone peet icone bidi  Selo 2017 2018
 

 

blue green orange red

© 2015 FAI - Endereço: Av. Antônio de Cássia, 472 - Jardim Santo Antônio - Santa Rita do Sapucaí - Minas Gerais - CEP: 37.540-000 - Telefone: (35) 3473-3000

Login

Entre com seu usuário