Curso de Ciências Contábeis da FAI é inovador e tem alto índice de empregabilidade!

O Vestibular de Verão da FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação será dia 26 de janeiro e conta com cursos reconhecidos pelo MEC com as melhores notas do ENADE. Os Cursos são: Administração, Ciências Contábeis, Engenharia de Produção, Pedagogia e Sistemas de Informação.

Um dos cursos que tem se destacado pela inovação, adaptação ao mercado atual com alto índice de empregabilidade, é o curso de Ciências Contábeis.

O curso tem como palavra- chave a “inovação” que vem provocando grandes transformações nas mais variadas áreas da sociedade. Negócios tradicionais estão sendo completamente reformulados por essa razão. A inovação ainda se faz mais forte nas áreas que a Tecnologia da Informação se faz presente. Setores nos quais não existia muito campo para a inovação, barreiras foram e estão sendo quebradas. E esse é o caso das Ciências Contábeis.

Se o guarda livro já foi uma figura representativa da contabilidade, hoje, já não o é, talvez o seja apenas para os contadores com mais tempo na profissão, mesmo porque já não existe a necessidade de guardar os livros no formato tradicional.

Com a inovação tecnológica, o ambiente adequado para a implantação do projeto Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) foi instituído através do Decreto 6.022/2007. O SPED é instrumento que unifica as atividades de recepção, validação, armazenamento e autenticação de livros e documentos que integram a escrituração contábil e fiscal dos empresários e das pessoas jurídicas, inclusive imunes ou isentas, mediante fluxo único, computadorizado, de informações. Assim, os livros e documentos contábeis e fiscais são emitidos em forma eletrônica.

Essa grande transformação precisa ser agregada, mas não pode diminuir os saberes já produzidos durante o curso. Áreas do conhecimento, como planejamento fiscal e tributário, contabilidade comercial, auditoria, contabilidade pública, contabilidade gerencial, contabilidade de custos, controladoria, teorias da contabilidade, perícia, entre tantas outras, andarão juntas com essa nova realidade.

De acordo com o Coordenador do Curso, Carlos Alberto Mont’Alvão, é nesse contexto que nasceu o curso de Ciências Contábeis da FAI. “Por não estar preso a um curso de contabilidade tradicional, o curso de Ciências Contábeis nasceu adaptado a nova realidade. Conseguimos associar a modernidade e tradição. A Contabilidade não é nova, o que é novo é o jeito de se fazer a contabilidade. A palavra de ordem na FAI sempre foi e sempre será a excelência. Não poderia ser diferente com o curso de bacharelado em Ciências Contábeis”, declara o Coordenador.

“Iniciei a graduação no curso de Ciências Contábeis para aprofundar meus conhecimentos e ser uma grande profissional. Hoje trabalho na área em uma empresa que atua nas áreas de Departamento Pessoal, Fiscal e Contábil, onde posso praticar meus conhecimentos adquiridos em sala de aula. O curso é bastante voltado para o mercado atual. A FAI sempre usando ferramentas inovadoras e avançadas me ajuda a ser uma profissional capacitada. Com isso sou capaz de processar as informações com agilidade e qualidade. É uma instituição conceituada que me permite vivenciar experiências com aulas não apenas na área contábil, mas também na área administrativa, pois sabe a importância de sabermos gerir não apenas números, mas pessoas também. Isso tudo com o apoio de professores Mestre e Doutores, que levam assuntos atuais para que possamos discutir e aprender em um ambiente totalmente voltado para o aprendizado contínuo”, declara a aluna do 5º período do Curso de Ciências Contábeis, Luana Mariana Barbosa Moreira.

Para quem não decidiu sua profissão, acesse os canais a FAI e se informe sobre os cursos e aproveite o Vestibular de Verão 2019 que vem com um novo Programa de Bolsas, com vagas limitadas, destinado somente para iniciantes em 2019. Através do hotsite da instituição www.fai-mg.br/vestibular há a opção de simulação de qual bolsa se encaixa ao perfil do aluno.

O novo Programa terá três modalidades: Bolsa Filantropia 50%, Bolsa Reembolsável 50% e Bolsa Incentivo 30%. A Bolsa Filantropia destina-se a famílias de baixa renda, e segue os padrões do Programa Universidade para Todos (PROUNI). Já a Bolsa Reembolsável, destina-se a famílias que possuem dificuldades financeiras para arcar com o custo integral das mensalidades, assim, os estudantes poderão pagar 50% da Faculdade depois de formados. E a Bolsa Incentivo destina-se a famílias que podem pagar a faculdade e por optarem pela FAI, terão a redução de 30% no valor das mensalidades.

Os estudantes da FAI têm à sua disposição as mais avançadas ferramentas tecnológicas, em ambientes que privilegiam o conforto como elemento decisivo para o aprendizado. Com acesso irrestrito à Internet em todas as áreas do campus, os alunos podem otimizar suas pesquisas e desenvolver seus projetos acadêmicos.

Para mais informações, acesse o site www.fai-mg.br/vestibular, entre em contato pelo telefone 3473-3013 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

O foco da Instituição é formar não só profissionais capacitados e preparados para o mercado tecnológico e empreendedor da região, mas também cidadãos preocupados em fazer um futuro melhor para todos e, com o novo Programa de Bolsas, incentiva o estudo e o desenvolvimento de todos que querem fazer um curso superior na Instituição.

Publicado em: 10/01/2019

Mudança de horário de funcionamento da biblioteca no mês de Janeiro de 2019

Informamos que a Biblioteca Regina Maura Pinto Zingoni devido ao Inventário Anual do Acervo, funcionará nos seguintes horários em Janeiro de 2019:

  • De 02 a 31 das 08h às 18h;
  • Sábados das 08h às 12h e das 13h às 17h.

Independente do inventário atenderemos todos os alunos que necessitarem dos serviços da biblioteca.

Agradecemos a todos pela compreensão!

Publicado em: 04/01/2019

Saiba um pouco sobre a história dos novos gestores da FAI que tomarão posse em 2019

Eleita em 26 de novembro de 2018, a nova diretoria da FAI - Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação, para mandato de 01 de fevereiro de 2019 a 30 de novembro de 2022, é composta pelos professores Alexandre Franco de Magalhães e Cláudia Mesquita da Silva Gomes.

Prof. Alexandre Magalhães, eleito como diretor, nasceu em Santa Rita do Sapucaí - MG e é o filho caçula de uma família de 3 irmãos. Na adolescência, trabalhou com seu pai na criação de máquinas para automatização de processos produtivos em indústrias. Concluiu o ensino superior no curso Tecnologia em Processamento de Dados na FAI em 2000.

Especializou-se em Informática Empresarial pela UNIFEI em 2001. Também pela UNIFEI, especializou-se em Design Instrucional para EAD Virtual em 2010. É mestre em Computação Aplicada, em 2008, pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais de (INPE) de São José dos Campos - SP.

Em sua carreira profissional atuou com Analista de TI em empresas de grande porte como Philip Morris International, Lacta Kraft Foods e Stefanini. Foi professor no Curso Técnico em Informática do Colégio Tecnológico Delfim Moreira onde contribuiu para a estruturação do curso.

Também é empreendedor na TMA soluções em Tecnologia da Informação onde desenvolveu vários projetos como aplicativos para a área de fonoaudiologia e ensino-aprendizagem.

Na FAI, contribuiu com o Núcleo de Pesquisa Desenvolvimento e Inovação (NPDI) coordenando projetos e captando recursos para a FAI. Na Incubadora de Empresas da FAI (INTEF), foi gestor colaborando para a geração de novos empreendimentos.

É casado há 11 anos com Elisa Toledo, pai de dois filhos, membro de equipes de Nossa Senhora, gosta de esportes, tecnologia e inovações, e de estar com sua família.

27 12 2018 1Prof. Alexandre e sua família

A Profa. Cláudia Mesquita, eleita como vice-diretora, nasceu em Santa Rita do Sapucaí - MG, é filha de Glória Mesquita da Silva e Amado Rodrigues da Silva e irmã de Rita Mesquita e Jacqueline Mesquita. Formou-se como Técnica de Eletrônica pela ETE FMC - Escola Técnica de Eletrônica, Francisco Moreira da Costa. Concluiu o ensino superior no curso de Administração de Empresas pela FAI em 2003.

Especializou-se em Gestão Estratégica de Marketing pela FAI em 2005 e no mesmo ano também se especializou em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral. Conseguiu o título de Mestra em Administração/Direção de empresas em 2013, pela UDE - Universidad de Las Empresas (Montevideo - UY) e atualmente está Doutoranda em Administração de Empresas pela Universidad Columbia (Asunción - PY).

Em sua carreira profissional atuou como Técnica em Eletrônica e Gestora da Qualidade na empresa Linear Equipamentos Eletrônicos e como Gestora/ Coordenadora de diversas áreas nas empresas Sol Telecom e Stracta Indústria e Comércio.

Foi professora no Curso Técnico em Informática e no Curso de Contabilidade do Colégio Tecnológico Delfim Moreira. É Coordenadora e Professora do Curso Técnico em Administração - Pronatec na E.E. Sinhá Moreira.

Também empreendedora na empresa Mesquita Soluções, que fornece serviços de consultoria na área de implantação de Sistemas de Qualidade ISO 9001:2015 e outros na área administrativa.

Na FAI, além de professora nos Cursos de Administração e Engenharia de Produção, também coordena projetos para FAITEC - Feira Tecnológica e contribui com o Núcleo de Pesquisa Desenvolvimento e Inovação (NPDI) através de consultorias e treinamentos para empresas de Santa Rita e Região.

É casada há 23 anos com Luís Gomes, mãe de duas filhas, gosta de dançar, de ajudar quem precisa e de estar com sua família e amigos.

27 12 2018 2Profa. Cláudia e sua família

É tempo de novos desafios em busca de crescimento, aprendizado e realização e é preciso coragem e força de vontade para mudar, para se adaptar e para enfrentar o novo e o desconhecido.

Os votos de conquistas, crescimento e sucesso neste novo ciclo são de todos os colaboradores, professores, alunos, conhecidos, família, amigos e toda a comunidade com a certeza de um futuro renovado. A posse deverá ocorrer no dia 31 de janeiro de 2019 em cerimônia solene.

Publicado em: 27/12/2018

Engenharia de Produção da FAI é referência no Brasil com o Certificado Green Belt

O curso de Engenharia de Produção da FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação, recentemente aprovado pelo MEC com nota excelente no Enade, é o único no Brasil com Certificação Green Belt.

O Green Belt é um nível da metodologia Seis Sigma, uma metodologia de melhoria de processos que se baseia em fatos e dados na busca de mudanças que vão gerar melhorias, empregando uma série de ferramentas de análises de processos e dados em tempo ágil.

O objetivo do Certificado Green Belt é desenvolver no profissional a confiança para desafiar os paradigmas, a partir da compreensão do pensamento estatístico de todo o sistema de atividades e serviços da organização, de forma que este possa contribuir para o desenvolvimento de novas estratégias de melhorias de processos, eliminação de desperdícios e diminuição de suas variações que estão alinhados com a manutenção do Sistema de Qualidade e Boas Práticas na Indústria e nos Serviços.

De acordo com o professor do curso de Engenharia de Produção FAI, Lincoln Souza, o(a) engenheiro(a) de produção tem uma formação multidisciplinar e, por isso, é preparado para entender os diferentes processos de organizações de diversas áreas. Ele afirma: “O desafio dentro da indústria 4.0 é desenvolver projetos que façam a conexão e a integração dos processos, incluindo as áreas de fabricação, fornecedores, distribuição, seleção de tecnologias integrando e inserindo sempre inteligência no processo. O profissional tem ainda a possibilidade de atuação em diversas áreas, o que garante a alta empregabilidade e evolução na carreira de forma dinâmica”.

O objetivo do curso da FAI de Engenharia de Produção juntamente com o Certificado de Green Belt é desenvolver no profissional a confiança para desafiar os paradigmas, a partir da compreensão do pensamento estatístico de todo o sistema de atividades e serviços da organização, de forma que este possa contribuir para o desenvolvimento de novas estratégias de melhorias de processos, eliminação de desperdícios e diminuição de suas variações que estão alinhados com a manutenção do Sistema de Qualidade e Boas Práticas na Indústria e nos Serviços.

A Coordenadora do Curso de Engenharia de Produção FAI, Caroline Miranda Borges, declara: “O mercado de trabalho urge por profissionais criativos que saibam dar soluções de baixo custo e de forma imediata! É necessário acompanhar a revolução tecnológica e o engenheiro formado pela FAI tem acesso às novas tecnologias o que o auxilia nas tomadas de decisão. Os projetos integrados de engenharia possibilitam o conhecimento de processos direto do piso de fábrica e proporciona uma visão prática e aplicada já nos primeiros meses de aula. O ensino híbrido cria a interatividade aluno-máquina necessária para o melhor desempenho do aluno em disciplinas técnicas tais como: desenho 3D, modelagem e simulação de processos, análises estatísticas Seis Sigma e as análises de dados em plataformas digitais. O nosso diferencial está na inovação do ensino aplicado para uma mente cada vez mais crítica e analítica.”

03 01 2019I Simpósio Científico Tecnológico de Engenharia FAI. Professores e coordenação do Curso de Engenharia de Produção, coordenação do Curso de Sistemas de Informação, colaboradores, convidados e direção FAI.

Ana Paula, graduanda da primeira turma de Engenharia de Produção FAI com Certificado Green Belt afirma que ter escolhido a FAI foi o passo mais importante, pois além de ser uma Instituição reconhecida, do conhecimento teórico também há o desenvolvimento prático junto as empresas.

“Além de todo o conhecimento e desenvolvimento, temos o certificado Green Belt, primeiro curso de Engenharia de Produção no Brasil que já vem com essa certificação e isso é muito importante para a indústria 4.0 que espera profissionais cada vez mais capacitados e processos confiáveis. Sinto-me orgulhosa em fazer parte dessa Instituição!”, declara Ana Paula, graduanda da primeira turma de Engenharia de Produção FAI.

O professor Vinicius Montgomery declara que o profissional de Engenharia de Produção, ainda mais com o Certificado Green Belt, é bastante requisitado no mercado por ser responsável pela qualidade, produtividade e processo da empresa pois tudo deve processado com eficiência e agilidade, ainda mais na era da indústria 4.0 com vários aspectos tecnológicos novos. “O Curso de Engenharia de Produção da FAI já tem um nome no mercado, com praticamente todos os alunos empregados na área e com o Certificado Green Belt e isso só confirma a excelência com que trabalhamos”, afirma.

E para quem ainda não se decidiu sobre qual área seguir, o Vestibular de Verão da FAI será dia 26 de janeiro, com inscrições até dia 25/01 e conta com cursos reconhecidos pelo MEC com as melhores notas do ENADE. Os Cursos são: Administração, Ciências Contábeis, Engenharia de Produção, Pedagogia e Sistemas de Informação.

E para os vestibulandos 2019 a Instituição tem um Novo Programa de Bolsas com três modalidades: a Bolsa Incentivo, a Bolsa Reembolsável e a Bolsa Filantropia. O aluno pode acessar www.fai-mg.br/vestibular e fazer a simulação de bolsas e identificar qual delas se encaixa em seu perfil. As vagas são limitadas e somente para iniciantes em 2019.

Publicado em: 03/01/2019

FAI no Encontro de  "Currículo Referência Minas Gerais" em Belo Horizonte

Dia 11/12 foi realizado em Belo Horizonte MG o Encontro: "Currículo Referência Minas Gerais", promovido pela Secretaria de Educação do Estado de MG e a Pedagogia FAI está presente com as Professoras: Margarete e Cláudia, também Coordenadoras dos programas Residência Pedagógica e Pibid. Durante o encontro teve também uma discussão sobre Avaliação Educacional e sua relação com a BNCC e o Currículo. Também foi feita a entrega do Currículo Referência de Minas, documento este gerado a partir da Base Nacional Comum Curricular. Este documento será analisado e validado pelo Conselho Estadual de Educação de Minas Gerais. Entrega oficial pelo Secretário Estadual de Educação em exercício e presidente da UNDIME, para o Conselho Estadual de Educação. (Geniana Guimarães Faria Coordenadora Geral da Constituição do Currículo Referência de Minas Gerais, Secretaria Estadual de Educação com as professoras Margarete e Cláudia).

13 12 2018 16

13 12 2018 17

13 12 2018 18

13 12 2018 19

13 12 2018 20

13 12 2018 21

13 12 2018 22

Publicado em: 13/12/2018